Capital social de uma empresa: entenda como funciona!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Esclareça suas dúvidas sobre o capital social e entenda como definir o valor ideal

Dê início ao seu negócio da forma adequada, entendendo como funciona a questão do capital social

Abrir a própria empresa não é algo simples, afinal, além de decidir o que realizar, de que forma atender a uma demanda do mercado e como se consolidar como um negócio relevante, o investimento necessário para dar início a esse sonho é desafiador. 

Por conta disso, muitas empresas iniciam em sociedade, com duas ou mais pessoas investindo no futuro do negócio. 

Esse investimento é o chamado capital inicial, essencial para o início de uma empresa. 

Sendo assim, ao longo deste conteúdo, vamos falar justamente sobre este assunto, esclarecendo do que se trata e mostrando como definir o valor ideal.

Capital social – afinal, do que se trata?

O capital social consiste no valor que você e seus sócios vão investir para dar início ao negócio, sendo o valor necessário para que a empresa possa começar a funcionar e se sustente até que lucros sejam gerados. 

A definição do capital social é de extrema importância, visto que é essencial para que a empresa possa dar os primeiros passos e obter o faturamento necessário a fim de arcar com os próprios custos. 

Sendo assim, de forma geral, o capital social:

  • É o investimento inicial necessário realizado por você e por seus sócios; 
  • Deve cobrir os custos iniciais, até que o negócio comece a gerar resultados; 
  • Deve ser minuciosamente planejado antes da abertura do negócio.

Portanto, é crucial ter um cuidado minucioso com essa questão.

Como definir o capital social?

O investimento necessário para abrir uma empresa varia de acordo com uma série de fatores, ou seja, não há um valor fixo que se aplique a todos os negócios.

Para começar, quanto mais pessoas estiverem investindo, menor terá de ser o investimento de cada um. 

Além disso, é preciso considerar aspectos como:

  • Localização; 
  • Equipamentos; 
  • Funcionários; 
  • Insumos; 
  • Materiais; entre outros. 

Para definir corretamente o capital social, é crucial mapear quais são todos os custos essenciais para que o negócio funcione. 

Tal somatória deve incluir todos os detalhes, de forma que se chegue ao valor mais preciso possível e, assim, cada sócio dê sua contribuição, que pode ser tanto em dinheiro, como até mesmo o imóvel para o negócio, por exemplo. 

Vale ressaltar que o investimento de cada sócio no capital social define sua participação e quotas na sociedade, afinal, quem investe mais, tem direito a uma parcela maior do retorno financeiro.

Inicie seu negócio sem complicações!

Para que você possa dar início às suas atividades sem nenhum tipo de complicação, definindo o capital social, cumprindo com os trâmites necessários de abertura e de legalização da empresa e gerindo tudo de forma impecável, ter o suporte contábil é crucial.

Afinal, tendo profissionais especializados ao seu lado, lidar com todas as questões necessárias para o pleno funcionamento do negócio torna-se muito mais simples. 

Assim, você evita complicações e consegue direcionar o seu foco para o pleno desenvolvimento da empresa. 

Portanto, para ter os aliados contábeis ideais ao seu lado, basta entrar em contato conosco agora mesmo!

Fonte: Abrir Empresa Simples

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Cadastre-se em nosso newsletter

Recomendado só para você
Contribuintes podem regularizar pendências com até 50% de desconto por…